5 de setembro de 2011

Ômega 3

“Que nada nos limite, que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja nossa própria substância, já que viver é ser livre. Porque alguém disse e eu concordo que o tempo cura, que a mágoa passa, que decepção não mata, e que a vida sempre, sempre continua."

- Amém


Bem que o moço do sorriso mais iluminado que já vi podia voltar e me emprestar um pouco de luz, estou meio apagadinha, Agosto me sugou. Tenho sentido muita falta dele, tanta tanta tanta que às vezes quase choro. Estou conseguindo me conter, até quando eu não sei. Acredito em dias melhores, mas sei que o moço bonito não estará neles, já me conformei. Entretanto eu me permito sentir saudade e falta. Pode ser apenas mania de pensar nele, ou pura saudade. Só sinto... prefiro não procurar entender. Há muito mais coisas além do que se vê, há muito mais histórias além do que escrevo, algumas vezes são apenas estórias. Talvez estórias reais e por vezes histórias inventadas, não consigo distinguí-las, todas são eu e quase todos são apenas um: ele. Contraditoriedade ao alcance das mãos, minhas, apenas. Sigo cantando: 'as flores estão no caminho'.


Por Camila Blopes

3 andarilhos:

Fernanda disse...

Minha Princesa. *o*

Artur César disse...

só não se esqueça de ti! =]

Cαmilα ♥ disse...

Beijos aos dois
;*

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design