2 de fevereiro de 2009

Deixe-se sonhar



Ao abri-lo senti aquela essência literária
Um cheiro que apenas letras exalam
Folheei as páginas velhas e empoeiradas
Lembrei de todas as palavras
Da história já conhecida
Fiquei inebriada pela beleza e aroma
Fechei meus olhos
Sonhei o mais alto que pude
E para me lembrar do que passou
Voltei à primeira página
Lendo uma a uma viajarei até o fim
E ao chegar lá
Começarei a sonhar...
Voar...
Novamente.
Será assim, sempre.


Por Camila Blopes

0 andarilhos:

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design