30 de janeiro de 2009

Sobre a chuva que caiu e minha espera

Ontem trabalhei bastante, debaixo de chuva. Ajudei pessoas e fiscalizei construções.
Molhei bastante, senti um pouco de frio e me irritei... Não com os pingos gelados que driblavam meu guarda-chuva ou com a água que insistia em entrar em minha bota. Irritei comigo mesma, pois com tanta coisa a pensar não consegui parar de lembrar do meu telefone.
Sempre esperando... Esperando...
Esperando sempre, repleta de vontade de receber algum sinal seu.
Sinal que não aconteceu.
O muro da senhora caiu e eu estava lá.
A chuva continuava e aumentava cada vez mais.
O telefone em meu bolso, silencioso, continuava lá.

Não chorei, foi a chuva que molhou meu rosto.

Por Camila Blopes

30 andarilhos:

Fernanda disse...

todas nós somos assim,
mas como já diz clarice lispector:
o telefone não toca se não estivermos distraidas.

Hariane disse...

Esperar por um sinal que não acontece, eu bem sei o que é isso. Melhor mesmo é não esperar e ser surpreendida.

Bj

Carol disse...

Amiga... sei bem o que é isso.
Ando passando pelo mesmo "esperar"´, porém ontem, não foi a chuva que molhou meu rosto. Foram as lágrimas mesmo!

Um beijo

Saudade...

Camila disse...

Saudade demais minha amiga.
Some naum, tah?
Beijo grande

C.L. disse...

:(

Endorfina disse...

nossa,
que triste,.

bjs
bom final de semana.

Verônica disse...

As vezes deixo a água do chuveiro molhar meu rosto, e quando os olhos ficam vermelhos, foi o xampu com muito sal..
Desisti de esperar o meu telefone tocar...

Giselle disse...

Cá,
vai ver que nessa hora o mundo dele também desabava, assim como o seu ...
O minha linda, não tem coisa pior e mais angustiante do que o telefone não tocar, odeioooooo !!!
Aff , mas se acalme na hora certa ele tocará ... rs...
Agora qdo é a hora certa eu não sei lhe dizer , rs...
Quer saber, liga vc ...
Dane-se, rs...
Quem sabe ele não está esperando vc ligar?
Beijos linda e lindo fim de semana, não espere, corra atrás !!!!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ai, Camila, que triste. E sou exatamente igual a você, apesar de ter idade para ser sua mãe. Me dá uma ansiedade, um comichão, que nem gosto de falar.
Querida:
Gostaria muito que lesse e comentasse a minha postagem no Galeria.
Um abraço,
Renata
Faz tanto tempo que não me visita, tem uns nenês lindos

paula barros disse...

Oi, Mila

Espero que esqueças quem faz seu olhos chuverem, seu ser inquietar. Hoje venho aqui e já não digo que me identifico. Em mim ficaram lembranças, e com o tempo só as boas, as que me serviram para me tornar melhor, para o meu crescimento.

Não gostava de mim esperando, chorando, querendo....Então decidi fazer sempre algo para que eu gostasse muito de mim.

abraços e fica bem nesse final de semana.

Gabi disse...

nossa
e pior que é bem assim.
quando acontece cmg me atiro em baxi odo chuveiro.

Kari disse...

Certa vez eu ouvi que a falta de sinal já é um sinal...

Fica bem, tá?
Beijos

Confissões de Um Ego disse...

Obrigado pela volta e espero que seja sempre e sempre...e sobre o texto descobri que a melhor forma de mostrar a dor é de um jeito belo e pungente...

Thyago David. disse...

Ow Milla :)

Essa chuva foi cruel ..


Beijos moça.

janelasdavida disse...

A poesia nos mínimos detalhes...

Palavras de um mundo incerto disse...

Oh, guria, procure pensar somente em ti. Procure viver as coisas boas que a vida nos dá. A força maior está em ti.

Desejo-te tudo de bom!

Fique bem e a virada do teu mundo, depende de ti.


Beijos!!!

Daniel disse...

Hehe continua intensa como sempre, A.L.!
Não sei bem como dizer isso, mas só vale à pena o que te faz feliz.. =)
bjo grande!

Fernanda! disse...

Camila que lindo!!!

Estou assim tbem linda, esperando uma ligação, mais veio uma msg ahauahau

Belo texto.

Beijos de luz!

Nadezhda disse...

É melhor quando só a chuva que molha.

;)

Diego disse...

Mas pode chorar também, não se preocupe.

Luifel disse...

Esperar é complicado, sempre!

Saiba somente que a Esperança não decepciona, confie!

Bj.

PS: faz tempo q vc naum me visita, saudade docê.

Eolo, Senhor dos Ventos... disse...

E permanece na chuva...
Até que as gotas se misturem as lágrimas, tornando-se tudo uma coisa só.
E até que o telefone toque, se ele realmente tocar, que por dentro esteja melhor que por fora.

Bom texto.

Um beijo.

Luz ^^

✰тєcα✰ disse...

Que lindo Camila...trise mas lindo!

Beijinhos minha flor e tenha um ótimo final de semana!

Beijão!

Do Lado de Dentro ;) disse...

Foi boa a desculpa da chuva... :}


bEijOS

;*

Gabriel disse...

concordo com Clarice, já citada pela Fernanda...

o problema da expectativa é que ela tem um poder de decepção muito grande...
e, mesmo sem querer, às vezes sem perceber...

esperamos...

mas, de certa forma, descobrimos antídotos e tratamentos, é questão de empenho e tempo :)

•.¸¸.ஐBruneLLa Tigress disse...

Amo chuva!

beijos e borboleteios

Renata disse...

De fato esta espera é de matar!!!
Não sei o andar da história, mas às vezes a gente ligar ao invés de esperar é uma boa também... Só vc pode saber, pois no fundo, a gente SEMPRE sabe...mesmo quando não queremos ver.

Camila disse...

Brigada pelos comment`s!

Beijos andarilhos!

Mary West disse...

Chuva p/ mi msempre vale a pena, até as mais finas são capazes de imprimir um recomeço em todos nós.

Camila disse...

Você me inspira Mary!
Um beijoooo

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design