25 de novembro de 2013

Vinte e cinco seria Trinta


Foi dia 25 de Outubro, sexta-feira. Nada programado. Decidimos nos encontrar. Esperei. Reclamei. Você me ligou, você chegou. Me abraçou. Me derreti. Retornamos, você me ultrapassou e parou. Paramos. E o mundo parou quando você me beijou. Me agarrou, não queria te soltar. Nunca mais nessa vida. 

Depois disso, tudo passou rápido. Tão rápido que tudo mudou e eu não vi. A sinfonia desafinou. Nossa música nunca mais tocou. A gente se desencontrou. Nos perdemos. Eu gosto de você e queria MUITO que desse certo. Mas eu gosto mais de mim. Infelizmente não soubemos nos adaptar ao jeito um do outro. 

Hoje queria estar comemorando por estar contigo, por você estar comigo. Queria estar feliz por nós. Queria lhe dar meus melhores beijos e um presente fofo que eu mesma fiz, repleto de coraçãozinhos. Mas não podemos. E sinto tanto, tanto que você não consegue imaginar. 

Então, eu comemoro daqui, sozinha. Agradecida por ter lhe conhecido. Continuo... e desejo que continue bem daí. Felicidades pra nós! Sejamos felizes... "dá pra ser feliz sem você, só é bem mais difícil."
Por Camila Blopes

0 andarilhos:

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design