20 de fevereiro de 2013

2013 ²


Lembrei de você, faz tempo que a gente não se vê. Senti sua falta, sem razão. Mas não somente falta do teu beijo e do teu abraço, senti falta da tua barba me arranhando, da tua mão segurando a minha, do teu sotaque bonito e dos teus olhos grandes me encarando.

Não tenho falado com ninguém sobre essas faltas, eu vou enrolando, me enrolando. Vou enrolando como se ela não existisse. Eu tenho inventado histórias e enredos. Eu meio que morri, eu meio que nasci.

Eu sei que não estamos fazendo certo, mas também sei que eu não sei o que é o certo a fazer. E meu medo é descobrir e não ter coragem ou disposição para isso. Há um massacre em mim, sinto o gosto de sangue mas gosto de ficar inerte.

0 andarilhos:

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design