21 de setembro de 2011

Sobre reformas




Tenho sonhado bastante contigo, quase todas as noites. Ao acordar, fico tentando lembrar de todo sonho, para memorizar teus detalhes que estão se esvaindo com o tempo... Tua falta tem enchido meus dias.


Tudo está tão repetitivo, nada é mais novidade. É como se estivesse vendo aquele filme de romance, que já sei o enredo, a trilha sonora e conheço tão bem todas as personagens que sei de cor suas falas. É muito familiar essa dor. É uma certeza e apesar de sofrida é bonita.


Pavimentei meus sonhos, ficam mais seguros assim. Projeto pontes, mas também sei construir paredes, em algumas ocasiões é fundamental determinar limites, mesmo quando se quer expandir. Não há regras para o que não é concreto.


Vislumbro o horizonte com a sensação de que tudo está prestes a ficar bem novamente, o estranho é que não sinto que nada está mal. Eu gosto dos dias, das minhas paredes, pontes e estradas... talvez tal sensação venha da sede de mudança, da audácia de melhora. Nunca gostei de reformas e adequações, demolir e reconstruir é minha opção, paga-se caro, contudo a transformação é incomparável, confiável e bela.


Agora estou sob os entulhos de meus muros recém-pintadas, sentada em uma poltrona confortável assistindo meu filme favorito em uma grande tela empoeirada. Estou bem, um bem normal, longe de bem e mais longe ainda de mal...

Por Camila Blopes

2 andarilhos:

Nanda Assis disse...

milaa q lindo!! odoro essas comparações de vida real com sentimentos.
vc é otima!!

bjos...

Cαmilα ♥ disse...

Obrigada Nanda
BeijOcas

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design