15 de maio de 2011

'difícil é deixar pra lá, quando já se tornou importante demais'


Agora estou aqui sozinha em meu apartamento minúsculo, soluçando de tanto chorar. Não consigo parar de pensar em tua covardia, ou em minha coragem suicida, ainda não sei qual termo devo usar.

_ Se morre de Amor? – Se alguém me perguntasse isso neste momento eu responderia: _ Sim, morre! E enlouquece e não há analgésico.

Gosto de exaltar sentimentos, mas agora só consigo sentir dor. Desespero latente, vindo da certeza da morte da esperança que me fazia seguir. Só com a certeza do fim é que estou tendo consciência da intensidade da dor da tua partida, da tua ausência em minha vida.


Amanhã vou fingir que estou bem, que você nunca existiu e que eu não te amo. Vou ter que seguir minha vida, continuar a trabalhar, comer, viajar e até sorrir. Mas será falsidade, me sinto meio morta. A parte bonita que havia em mim borrou, secou, azedou.

Não vou dizer que nunca mais escreverei sobre você, mas posso dizer que tentarei. Eu cansei de amar sozinha, cansei de amar errado. Entendi de uma vez que não vamos ficar juntos. Que você não me ama o suficientemente, que eu não consegui tocar seu coração. Entendi. E por isso essas lágrimas insistem em cair descontroladamente.

Talvez um dia eu consiga ser uma pessoa melhor e quem sabe até bonitinha. Então alguém poderá gostar de mim, quem sabe eu seja amada e todo esse nó aqui suma. Dizem que tudo se supera. Entretanto nesse momento não consigo pensar em amar ninguém, não gosto mais do amor. Só consigo pensar em dormir e apagar minha memória. Esquecer que você existiu em minha vida. Esquecer essa rejeição. Esquecer que não sou uma mulher que nasceu para ser amada e que tenho que me conformar em ser feliz nas outras áreas da vida.

Não consigo lhe agradecer por nada, não quero hipocrisia nessa despedida! Acho que vou pirar e sair por aí querendo me provar que sou desejável. Mas nenhum beijo me fará feliz. E se te faz sentir melhor, saiba que não consigo mais dizer que lhe amo! Tô com tava raiva de você que lhe daria um soco se aparecesse em minha frente. Talvez assim você sentisse um pouquinho de dor! Acabou...



Camila Blopes

9 andarilhos:

Tatá R. da S. disse...

Cah, amiga, por mais que você se decepcione, se machuque e se frustre amorosamente nessa vida, não pensem NEM POR 1 SEGUNDO que você não é linda, amável e apaixonante.
Eu entendo que esteja se sentindo assim agora, mas logo você perceberá o oposto. Dói, dói MUITO e vai doer sim por mais um tempo, dias a fio...
Mas você é forte. Então chore tudo o que quiser chorar, chore mesmo! E se não conseguir dormir e quiser desabafar pode me mandar torpedo que eu te ligo (meu cel mudou mas vou te passar o novo).
Eu só quero que se renove e se sinta bem. Mas tudo tem seu tempo, e o "luto" ainda vai perdurar por mais um tempo. O bom é que não é eterno e antes mesmo que perceba, você estará tranquila, com paz no coração, completa na sua própria incompletude, completa ter tudo de maravilhoso que você tem na vida, as pessoas, e pelo o que você é.
Poucas pessoas apreciam uma boa música, um bom livro, um bom cheiro, uma linda paisagem, um silêncio... Coisas ruins que fazem sucesso tem aos montes. Não é atoa que demoramos tanto pra encontrar alguém que SAIBA nos amar, que seja digno de nos amar.
Qualquer coisa é só me chamar.
Beijos, te amo.

Anônimo disse...

Princesa, ele é um mané por favor não chore. Acabou mas logo começa outra histórias e outras esperanças. Se cuida minha menina.

Cristiane Melo disse...

Difícil, tenho me sentido mal também a alguns dias, mas sei lá resta uma sensação d que tudo pode mudar, de que uma hora eu vou ficar bem!
beijoos

Nanda Assis disse...

Nossa que forte!! coragem as vezes é só o primeiro passa pra vida nova, apesar dos sofrimentos. achei lindo seus sentimentos convertidos em palavras.

bjos...

Kpitu disse...

Querida, estou vivo, mesmo depois de tanto sofrer! Vivão e vivendo...
Passe por mais alguns caminhos de boa poesia
http://dukpitu.blogspot.com
Bjão!

Fê Miceli disse...

não, não é possível deixar pra lá. Não mesmo! A nossa dor é muito grande e merece respeito! Merece explicações, mas exlicações, não desculpas! Mas, sendo falso ou verdadeiro o que dizem o que de fato existe é uma ruptura de um relacionamento, de dois corpos, de dois corações e a conta aqui não é 2+2 e sim 2-1. E esse um que fica tem que dar um jeito, se virar, xingar os deuses, alugar os amigos, ouvir música de fossa, ler cartas de amor, chorar com filmes de amor e odiar tds a coisas melosas referentes ao amor. Aliás, essa palavras, definitivamente, deveria morrer para que levou um chute na bunda! Mas, passado o stado de loucura que ñ é permanente, levante a cabeça, recupere a auto estima e e a vontade de viver. Principalmente, ñ se esqueça: a única pessoa que tem o poder de nos deixar mal, somos nós mesmos! Ame-se mais e deixem que os outros te amem ou não...

Amei o post!!!!!!!!!

beijokas

Thiago disse...

E vai viver fingindo todo o tempo Cahzinha? É hora de encerrar esse ciclo e partir pra outra :)

Anônimo disse...

E quanto tu ver já terás um novo amor e lembre-se "o próximo amor é sempre mais bonito" já dizia um sábio poeta.
Um forte abraço
Thiago Brummer

Cαmilα ♥ disse...

Obrigada a todos pelos comentários, super beijocas e agradeço o apoio.
;*

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design