9 de setembro de 2010

E o que vai ser?


Eu não sei o motivo de estarmos ainda juntos. Sei que estamos separados. Sei também que nunca estivemos juntos de fato. Juntos dessa maneira que os namorados ficam. Estamos juntos de outra maneira. Juntos da nossa maneira.

E é justamente por isso que não entendo. Como pode existir o nós, nossa? O correto seria: você, sua, eu, minha.

Sabe, eu ando cansada. Ser feliz me consome muito. E eu trabalho intensamente. É um trabalho interessante e sem rotina, que eu amo, mas ele também exige muito de mim. Números! Contas! Dados! Obra! Muita informação. Sou de viver tudo por inteiro, tudo é ao extremo para mim. Que fique claro: eu não estou te cobrando nada. E também não estou me cobrando nada. Eu só quero entender.

Me explica, como você pode fazer parte da minha vida mesmo estando tão distante?

Há razão para você me ligar no meio na madrugada e dizer que está com saudade e no outro dia não querer mais tocar no nosso assunto? Por que me convida para sair, se não consegue ficar tranquilo com o depois? Me diz, por que usa essa armadura horrenda e me faz afastar? Fala o motivo de ser o médico e o monstro?

Por favor me explica, pois eu estou de saco cheio disso tudo.

Pois se quer saber: Eu estou me cansando de você. Ainda gosto das nossas coisas, gosto do tempo quando estamos juntos, gosto do nós. Mas não sei até quando vou conseguir me fazer de boba e dizer que está tudo bem, que ainda me importo, que ainda faço questão da gente. Sinceramente, não sei...
Ou me quer e vem ou não quer e suma. Só fique se for para me fazer voar, não quero manter meus pés no chão se formos nós.

Por Camila Blopes

7 andarilhos:

Thais motta ~ disse...

Adorei.
singelo o que você escreveu aqi,

:**

Tatá R. da S. disse...

Já escrevi sobre isso e é bom saber que isso não é tão incomum.
Precisamos sempre de uma resposta, para tomar um caminho.
=* <3

Daniel Savio disse...

É carência, e, principalmente, indecisão em decidir o que queres...

E bom post menina.

Fique com Deus, menina Camila Blopes.
Um abraço.

Fernanda disse...

c me fez lembrar a mim...um quase dói mais que um não...

Juliana Doerner disse...

Quando leio o que escreve consigo entrar nela por completa... me comovo!!... De uma passada no meu blog... já estou te seguindo!

Beijos

Anônimo disse...

é por medo, entenda minha flor.

Cαmilα ♥ disse...

Obrigada a todos pelos comentários!
BeijOcas

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design