23 de julho de 2010

já nem sei qual é a palavra

"É triste saber que falta alguma coisa e saber que não dá
pra comprar, substituir, esquecer, implorar...."
.

O que dizer quando tudo perde o brilho, a emoção o gosto? Qual nome disso que amarga, escurece e esfria tudo? Como se chama essa coisa ríspida?
Saudade?
Não, saudade é pouco para o que está em mim. Saudade já não serve para denominar esse sentimento urgente e faminto que grita furioso. Sinto frio, muito frio... aqui fora e dentro de mim...

Por Camila Blopes

10 comentários:

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Sal-dade sal da terra
Que comi-na e desterra

;)

Marie Amorim disse...

AH esse frio, conheço bem!

Luciana Brito disse...

Tem algo mais dolorido do que a saudade?

O frio te pegou, amada, mas logo o calor volta. Se não esquentar fora, esquenta dentro, eu sei.

Beijão e se cuide.

Paula Barros disse...

Vim agorinha do blog de Mauro Rocha e liguei o que você escreveu ao que ele escreveu. Não sei se conhece o blog dele, mas vou deixar aqui o que li.

"Estranho é olhar a lua
Com um olho só
Parece que falta... Estrelas
Ou alguém debaixo do lençol...
Estranho é não ter você..."

http://poetamaurorocha.blogspot.com

Essa falta assim, deve dá esse frio.

abraço

Athila Goyaz disse...

Só resta um cobertor BEM quente então! bjus

Cαmilα ♥ disse...

BeijOs e obrigada pelos comentários!

Daniel Savio disse...

Então por que não luta pelo motivo deste vazio volte para ti?

Fique com Deus, menina Camila Blopes.
Um abraço.

Cαmilα ♥ disse...

Razão fala mais alto que a emoção.
TRabalho.
;)

Ricardo Novais disse...

Saudade, é coisa que todo mundo sente, mas não há ninguém que explique. Às vezes sinto tanta saudade de sentir saudade... É que sentir saudade deve ser coisa boa, porque toda vez que sinto saudade penso em você.

Um beijo.

Leo Lemos... disse...

...