21 de junho de 2010

Exigências de um amor inquieto


Alice conheceu Beto em uma movimenta boate da zona sul. Os dois conversaram pouco e se beijaram muito. Trocaram telefones. Depois cada um foi para sua casa.
Dois dias depois, o telefone de Alice tocou. Era Beto.
Desde então se viam todos os dias. Descobriu que se pareciam. Decidiram namorar.
Ele um rapaz lindo de olho azul. Ela uma garota comum de olho escuro.
Os meses passaram rápido e com isso os sentimentos cresciam proporcionalmente, assim como a frustrante descoberta da imperfeição.
Ele era passivo demais. Ela ativa demais.
Alice exigia atenção, exclusividade e tempo. Beto não conseguia suprir todas essas necessidades. Logo as brigas começaram.
Em um tempo bem curto o doce foi ficando menos doce.
Beto cansou. Cansou das exigências. Cansou das ordens. Cansou dela.
Alice lutava. Lutava por atenção. Lutava por tempo juntos. Lutou por ele.
Mas a luta foi em vão. Beto terminou o relacionamento, deixando Alice inconformada.
Alguns dias depois, uma amiga a convenceu de sair, espairecer.
Escolheram a boate de sempre, para assim exorcizar Beto de uma vez.
A noite estava sendo ótima, as amigas dançaram e beberam muito. Quase de madrugada Alice viu seu ex-namorado beijando outra menina.
Ela sentiu como quem coloca o dedo em uma tomada. A adrenalina a impulsionou...
Em uma velocidade anormal, ela voou para cima da garota-beijoqueira.
Pobre criatura, Alice desceu o braço. Toda luta metaforizada passou para ali, para a batalha real.
O resultado da confusão foi um ex-namorado roxo de vergonha e hematomas futuros, uma garota arranhada, sangrando e com menos cabelos e uma ex-namorada presa, vingada e feliz.
Por Camila Blopes
Ps. Obrigada a todos pelo carinho no dia do meu aniversário! Fico muito feliz em saber o quanto sou querida e tenho amigos maravilhosos. Um super beijO em cada um.

6 andarilhos:

Henrik disse...

Mas ela devia ter-se atirado a ele e não à rapariga. Em todo o caso, não há nada melhor do que descobrir de uma vez por todas que alguém nãoi serve para nós do que deixar arrastar-se indefinidamente.
Beijos...

Vítor Palmeiras disse...

Você tem sérios problemas com loiros de olhos azuis... Já tinha antes de ir pro sul, e agora parece que se intensificaram.

Nós "comuns de olhos normais" tb temos sentimentos e muito embora não tão belos, tb podemos ser, por exemplo no... no... como que chama mesmo o nome? Enfim esquece.

D i c a disse...

Vontade eu tive, só faltou a coragem de Alice.

♥ Cαmilα Girαssol disse...

As vezes Alice quase baixa em mim, mas me controlo.
E Vitor, voce sabe... sempre tive uma quedinha por loiros, neam?! ;D


BeijOs meus queridos

Daniel Savio disse...

Uia, medo de algo assim acontecer na minha vida...

Fique com Deus, menina Camila Blopes.
Um abraço.

♥ Cαmilα Girαssol disse...

Cuidado, o risco é relativamente consideravel!
Hushauhsuashauuuu

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design