15 de maio de 2009

Incoerência e incongruência

Sabe, tenho muitas palavras a escrever...
Mas neste momento não quero escrever nada para você.
Não quero ter métrica, ordem ou coerência.
Não quero me prender ao que você vai pensar ao ler isso.
Quero falar e ser, escrevendo.

Palavras.
Letras.
Pontuação.
GRITO!!!

Odeio ter que aceitar, porem odeio mais outras coisas.
Então não faço nada.
Apenas tento seguir assim.
Consigo. (?)

Sonhos.
Não, não!
Não.
Quimera.

Logo,
Passou.
Por Camila Blopes
Ps. "Sabe que o meu gostar por você chegou a ser amor, pois se eu me comovia vendo você, pois se eu acordava no meio da noite só pra ver você dormindo, meu Deus...como você me doía! De vez em quando eu vou ficar esperando você numa tarde cinzenta de inverno, bem no meio duma praça, então os meus braços não vão ser suficientes para abraçar você e a minha voz vai querer dizer tanta, mas tanta coisa que eu vou ficar calada um tempo enorme...só olhando você, sem dizer nada só olhando e pensando: Meu Deus, mas como você me dói de vez em quando.." - Caio F.

35 andarilhos:

Dri~ disse...

é bom gritar!
e depois Uff! passou!

Otimo texto!! Cah!
Cupida minha! para sempre! *-*

Su disse...

E suas palavras estão sempre coerentes...
Tem dias que dá vontade apenas de gritar e soltar as palavras no ar, talvez quando elas caírem possam se juntar...
Beijos, querida!!

Cadinho RoCo disse...

Em princípio não somos obrigados a aceitar nada que não queremos aceitar. É sempre importante perceber que em nós quem decide tudo somos nós.
Cadinho RoCo

Felipe disse...

Lindo texto.
Grite quando tiver vontade... passa!

Quando não der pra passar, grite mesmo assim, nem que seja: Fudeeeeeeeeu!

Ana disse...

Seguir em frente é fácil quando não se para.

Difícil é nunca parar.

M. disse...

"Odeio ter que aceitar, porem odeio mais outras coisas. "

Por odiar mto mais outras coisas que eu acabei aceitando.

Coisas da vida.

Bjosssssssssssssss.

alex e! disse...

...penso que é justamente quando abandonamos qualquer parâmetro que, de alguma forma, nos prenda, que conseguimos gritar desabafos necessários à nossa alma, poeticamente ou não...

bju, camilita,

do alex......

eu disse...

O grito é uma "arma" de alivio franco que provém do nosso interior.
Grite, sempre que precisar, é o que faço, em desespero de causa.
Beijinhos

Luan Fernando disse...

Todos temos nosso jeito de desabafa. E as vezes também agimos sem pensar, mas o que importa no final, é "Gritar" e disse pra si mesmo, "Eu tentei, e isso que importa".

@line-;-- disse...

Gema, o silêncio as vezes fala muito mais que qualquer palavra dita.
E é nele que muitas vezes nos refugiamos para renascer de novo!

Quiamoooooo

Max Psycho disse...

cah sempre manejando bem as palavras

Babi Mello disse...

OLá Camila, primeira visita...
Estou dando uma espiada e gostei do seu blog, diferente e autêntico.
Bj!

Nina-complexamentecompleta disse...

se expresse.
sempre

beijos,linda.

Daniel Braga disse...

Que lindo, temos que nos expressar de alguma forma. Isso é fato.

~Até a próxima.

*DB*

Dri Viaro disse...

Camila, seus textos são lindos
bjs otimo fds

Maldita Futebol Clube disse...

Como sempre, doce e quente camilinha...coesa, coerente e conexa ao mundo blogueiro e poético. Luxo de texto, e gritar as vezes é tudo1

Ric disse...

Adoro gritar!
Vamos gritar juntos!!

Beijos!

Luciana Andrade disse...

Então, não escreva, não faça, grite. Apena viva, flor!
òtimo fim de semana!

Dois Rios disse...

Em certos momentos, não dizer nada soa mais alto do que um grito.

Beijos, Camila.
Inês

Luciana disse...

E gritar faz tão bem! Colocar tudo para fora, nem que seja no grito silencioso das letras de um teclado.

Pouco importa o pensamento alheio, revelar-se é o essencial.

Ótima citação do Caio *-*
E como amar demais chega a doer... ai ai


Beijão amada quiamo!

Tatá R. da S. disse...

Com poucas palavras você disse muito, ciumentinha amada.

Uma lindeza só, você e caio f.
Falar sem preocupação, sem censura,com libertação é a paz que o coração precisa.

Beijocas!!!! <3

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Camila.

Talvez com o grito despertemos para a realidade e exorcizemos aqueles que nos fazem doer tanto assim.





BOM FINAL DE SEMANA!

♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥




http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

Ausência Instável disse...

Gritaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!

Deixa amanhecer,
Tudo pode se resolver,
Hoje é dia de pensar,
Fechar os olhos, e apenas confiar,
Agarrar a vida, andar sobre nuvens,
E deixar o brilho no ar se manifestar,
E as luzes me invadirem.
Não há o que acreditar,
No dialeto insolúvel do meu interior,
No submisso desgovernado da paixão,
Então me deixe partir, voar longe do existir,
Ou me plante sobre o subsolo,
Nas areias da saudade do mar,
Talvez um dia eu cresça,
Ou desapareço no levar da vida.

Eu não acredito em você,
Finge só para me ver alegre,
Luto contra você, todo momento,
Você me enfatiza, me manipula,
Brigamos sobre nossos instintos,
Sou lúcido ao seu entendimento,
Fica me lembrando do passado,
E dos seus planos para o futuro,
Não me larga por nada,
Quer cuidar de mim,
Me acolher, me proteger,
É assim que você meu coração,
Faz de tudo para ver a minha felicidade.

Interna o vínculo da minha carência,
Com a irreverência "de uma ausência",
Talvez a página não volte para atrás,
E aqui dentro a chuva não pare,
Respiro você para dentro,
Respiro você para fora,
Para deixar secar o calor do sonhar,
Da maneira mais escura agora,
Eu não preciso mais de mim,
A forma que a vida passa seu pincel,
Sou golpeado, fico assustado, eu me importo,
Com forma que tento ser irredutível,
Não quero ser monótono referente a vida,
Mas diante de tudo,
Sou insano e insolúvel ao amor.

Passamos pelas mesmas coisas Camilla?
BJAUM!!!!

Nadezhda disse...

Consegue?!

;)

Pedro Antônio disse...

Ai... o coração dessas coisas! Até o coração da gente dói.

Beijãooo.

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA

Lih disse...

Áinnnn.. como tá lindo aqui!!! como faz tempo q num venho! e que lindo td q vc escreve, camilaaa! Meoo.. sou tua fã! ^^

bjinhoooooo

Vinícius Remer disse...

Mas como meu amor é lindo. Que texto lindo desse Caio. O amor, ahhhh o amor
Beijoo

ZuZy disse...

ooi Camila...
não deixe seus gritos engasgados!
estou dando uma fussadinha no seu blog e gostei mto! posso te linkar?
beejoO

ZuZy disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Gritar esvazia a gente. às vezes é preciso, mesmo que em silêncio!

Beijos e borboleteios Cah

wendell disse...

Nossaa,

gostei muito da aqui sabia.
bela palavras

Bandys disse...

Camila,
Sumida!!
Estive por aqui mas não consegui entar no seu blog.

Lindo texto

Beijos

Cαmilα ♥ disse...

Obrigada a todos que comentaram e me leram.

BeijOs e beijos

Hod disse...

Olá Camila..., cruzando por seu caminho encontro passos não muito apressados.... que incrivilmente dão ínicio a um novo caminhar. Após a catarse de um grito primal, como aquele que é liberado ao nascer. Desamada e desprovida da "Incoerência e incongruência"... põe-se a caminhante a caminhar e visualaizar outros horizontes!!!

Hod.

Cαmilα ♥ disse...

O Grito liberta!

BeijO Hod

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design