21 de outubro de 2008

Ausências

Um post para Gabriel Velaccio
Série Dicionário
Ausência
Au.sên.cia
Latim: absentia. (Faz sentido: abstinência)
Substantivo feminino. ( Neste caso, Masculino)
1. Estado ou condição de ausente. (Odeio isso!)
2. Afastamento. (Saudades!)
3. Falta de comparecimento; falta. (muita falta, mesmo.)
4. Carência, inexistência, falta. (To carente.)
5. Desaparecimento da pessoa do seu domicílio, sem deixar ou dar notícia do seu paradeiro e sem deixar representante para zelar pelos seus interesses. (Faz isso não, mande notícias, vai?)
6. Lapso de memória. (O que eu ia escrever mesmo?)
7.Falha do raciocínio. (Coisas de loiras como eu!)
s2
Ausência

Quanto tempo faz?
Dois anos?!
Não?
Então quase um ano?!
Menos?
Seis meses?
O que? Menos?
Menos de três meses não é.
É?!
Nossa! Menos de um mês?
Que isso... parecem anos sem notícia sua!
Por Camila Blopes

32 andarilhos:

Shelha disse...

quando a pessoa é importante, qualquer minuscula parte do tempo parece consumir a eternidade.

Adorei o texto!!!

janelasdavida disse...

Oi, Camila!

Ausência, saudade, falta... são sentimentos que machucam, porém ensinam o que é importante pra gente!

Valeu pela visita!!!
Um bjo!!!

LindaRê disse...

saudade faz um dia se tornar um ano!

bjs

Robs disse...

Essa coisa chamada ausencia doi tanto na gente ne???

Tem meme pra vc la no blog. Bjosss!

Bjosss!

Vanessa disse...

Texto muito bem trabalhado, disse tudo! ;-)

Giselle disse...

Cá,
ai ai ...
to suspirando com sua saudades ...
Linda, procura logo esse ausente e mata logo essa sua saudades ...
Mil beijos lindona

Bandys disse...

Camila,

Saudade é a nossa alma dizendo pra onde quer ir...

A saudade faz co que um segundo seja uma eternidade.
beijos

PS:Obrigado pelos seus elogios,☺ ♥ ☺

Danny disse...

Oi Camila, tudo bem??? Obrigada por sua visita em meu blog, seja sempre bem vinda. Adorei seu blog também, estarei aki mais vezes. Bjs!

:: Fatima :: disse...

Ausencia!
Essa e exatamente a palavra que me define.Ando ausente em tudo.


Bjos

Salve Jorge disse...

Ausência
Ou sem companhia
Exige da paciência
Alguma simpatia
Para ter clemência
Dessa impertinência
De tirar vossa fidalguia
Da minha carente cercania...

Marcelo Martins disse...

Estou na mesma, Camilinha...
Achando que 1 dia é 1 anos de ausência.
Amar ás vezes me enche, sabe?

Beijinhos

Camila disse...

Pior que sei, meu querido Marcelo!
Estou nesta também!
Affe
¬.¬

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Camila:
Que fossa! Sai do buraco, menina! Você é tão bonita, escreve tão bem, vai ficar assim até quando?
Hoje você esteve no meu Blog, mas demorou tanto a aparecer que quando caiu o seu comentário eu já estava publicando outra postagem. Vai vê-la, é sobre um filme de dança, vai animá-la.
Um beijo,
Renata

Yaas disse...

Quando alguma pessoa que amamos muito vai embora, aprece que o tempo para. Que o relógio anda ao contrario, e que as noites são mais longas.
Os momentos de felicidade mais curtos, os de tristeza mais longos...
Mais temos que suportar...
Pra aproveitar quando essa pessoa voltar (:
Beijos.
Amei o texto.

Mariana disse...

Caca...
Use essa ausencia para criar... mas , curta, porque até o que parece eterno tambem é curto no final.

Que o sorriso seja eterno e que as coisas boas daquilo que era ruim antes, sejam também eterrrrrnas!

bjinho,

Mari

Nina disse...

Camila,

Obrigada pela visita ao meu blog!

Gostei muito do seu.

Muito bonito e lírico (e um pouco triste, também.) Lembrei-me de mim mesma, quando era mais jovem e mais sábia.

Volte sempre. Voltarei também.

beijo :)

(que bom saber que você ainda é uma menina de cachos! A minha menininha não os tem mais, pena...)

http://meninadecachos.blogspot.com/

paula barros disse...

Se alguém se faz ausente. Espero que você tenha uma ausência no pensamento, tornando essa pessoa ausente no seu sentir.

beijinhos

Confissões de Um Ego disse...

obrigado pelo carinho e pela visita...bjokss e boa semana....

Leonardo Werneck disse...

AH, basta um dia, ou menos até, pra sentir saudades!!!

Beijos

Mariana disse...

Ca...
Obrigada pela visitinha em meu blog!
Fiquei muito feliz! VC leu outros posts, ou usou a metafora da borboleta por coincidência???? Eu a uso muito! Amei!
Bjao, volta sempre...aaa e como a NIna disse, eu tb me lembrei muito de mim mesma quando era mais jovem!!! hihihii
Mari

Quase Trinta disse...

Detesto a ausência, a dele em especial..
Qt tempo? 1 ano e 10 meses

Welker disse...

É engraçado dizer que a ausência não faz falta a ninguém. Me deixou até confuso...

anderson eduardo disse...

Beleza de poema.... só nao podia esta ausente desta pintura de post.... abração e tudo de bom

Jéssica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jéssica disse...

"parecem anos sem notícia sua!"

Falou e disse...
simplesmente perfeito.
bjoo xuxua

Camila disse...

Saudadeeeeeeee
De tantas pessoas, de tantos lugares, de tantos momentos...
Ai ai...

O Profeta disse...

O sonho de hoje voa no amanhã
Esta terra prende-me os pés
Um fruto maduro é repasto de pássaro
Um caminho feito de lés a lés

Taça de finos aromas
Uma súplica presa na brisa da tarde
Na morada dos teus maiores desejos
Há um coração que por ti arde


Boa semana



Mágico beijo

Aline disse...

Como diz um texto que dizem ser do Miguel Falabela, saudade (ou ausência) é basicamente "não saber".

Bjm, lindo blog!

Noslen ed azuos disse...

Gostei Camila, bem criativo...eu não poderia ficar ausente deste comentário.

Bjnhs
ns

Camila disse...

Volte sempre Aline e Profeta-poeta.

E quem bom que não ficou ausente, Nelson!

Beijos

Mary West disse...

Detesto notar a ausencia alheia, até pq esta é uma via de mão única. O outro nunca se importa o suficiente.

Camila disse...

Infelizmete é verdade Mary... o outro quase nunca sente o mesmo!
Beijos

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design