4 de setembro de 2008

Myself


Desabafo de uma garota com mais de 20 anos, sem nome e residente no Estado dos Pensamentos sem lamentos.

Não... não esconderei mais quem sou! Decidi te contar a verdade...
Sempre tive o que quis, tenho pouca idade e o mundo está nu me esperando logo em frente. Meu pai se chama Libertino e minha mãe Liberdade; nasci no inverno e hei de morrer na primavera!
Não tenho amigos, nem dinheiro e muito menos namorado. Nasci para ser de muitos!
Não posso escolher apenas um. Meu coração é lisérgico e intransigente.
Ele não ama quem o ama... apenas quem ele quer.
As vezes gosto de sofrer... acho divertido.
Tenho paixão, esperança, luxúria e uma maçã... a qual quero inteirinha! Pois apenas uma mordida não me satisfaz...!
Vez ou outra... choro e isso me faz bem, lágrimas refrescam meus sentimentos.
O que mais gosto é: gritar! Minha voz emana de minh’alma.
De minha boca sai o mundo que sou dona. Meu aparelho dentário é a cerca do mundo que fiz. Sim, meu mundo é diferente do seu e não o divido com ninguém, não deixo ninguém entrar! Ninguém! Meu mundo é inteiro meu. Sou feliz assim.
Meus cabelos negros combinam com meus olhos e com o céu da minha boca que vive em tempestade.
Calço chinelo de número 35 e meu tênis é 39. Meus pés usam apenas salto alto, não desço dele nem quando tomo banho.
Sou centenas de mulheres e minha maior verdade é ser mitomaníaca.
Juro que é verdade!
Juro jurar sempre...
Vontade!
Sem fim
s2
Por Camila F.

33 andarilhos:

Ana Rita disse...

Cada um é como é, e cada um deve-se amar a si próprio por inteiro. És como és e orgulha-te disso, quem disser o contrário é um "alvo" a ignorar completamente.
Gostei do que li, aliás como sempre.
Um abraço forte...
Beijo

João da Silva disse...

Quanto ao pezinho 35 não vou falar nada, pois sou suspeito...
Olha, lindas metáforas. Jogar com a verdade e a mitomania, os antípodas que se sustentam, foi brilhante. Você é brilhante. Li o texto com gula, com água na boca, com prazer para lá de orgástico.
Beijos, querida, muitos mesmo!

Thiago Brummer disse...

Camilinha meu amor, esta não é você!
E sinceramente acho você muito mais interessante que esta pessoa destrita neste texto.
Um forte abraço

Marcelo Martins disse...

Um retrato perturbador, eu diria...
Dificilmente conseguimos nos definir como, de fato, somos.
Normalmente negamos para nós próprios muito da nossa verdadeira essência.
O coração ama quem ele quiser, não temos o menor controle sobre isso.
Trata-se de um ser dentro do ser.
Tudo o que podemos fazer, e ser, é o que ele ordena que sejamos e façamos.
Gostei muito dessa descrição que escreveu...

Beijos meus

Jééh ! disse...

aai moça, muito obrigada pela sua visita, amei aqui.

em breve te linko.

bejão!

LindaRê disse...

Lindo texto...
Bjs

Allana disse...

um pouco de egocentrismo...vai bem...

Karine Leão disse...

Camila,

Depois de ler alguns comentários seus, vim conhecê-la e me deparei com um texto magnífico!

Achei brilhante a forma como escreve e se auto-define.

Gostei muito e aguardo sua visita!

Beijos!

Marcos Freitas disse...

Belas palavras.

paula barros disse...

Mila,Camilinha, meu amor (me deu vontade de chamá-la assim rsrs)
Estou rindo. Me identifico muito com o que você escreve.
É capaz de pensar que sou eu ali retratada.
abraços e beijos

daniel disse...

Camila

Produziste um texto maravilhoso. Um hino à liberdade feminina.
A intensão não será essa. Por mim, acho que também o é, confesso que adorei a sua leitura.
Deixo-te um beijo.
Daniel

Francielle da Maia disse...

Lindaa..quando li esse texto adoreeei..no mesmo momento veio o meu tema da monografia...que se encaixou completamente com minha personagem..
gostaria de colocá-lo dentro do meu skatbook da monografia.. pra inspiração da coleção.. você aprovariaa?!?

beeijos.

Mary West disse...

Sim sim, de agora em diante seremos mais felizes em nossa propria pele e decisões.

mOnI disse...

que linda vc é! seu texto foi seincero e vc não é incomum, vc é vc e pronto, os outros f... beijos

David disse...

Quando nos perdemos, enfim...jamais seremos mais que memória. Infelizmente as memórias sao mais importantes...va-se la saber porque...

Beijo

biazinha disse...

Esse texto é um soco no estõmago, e beleza parece ser regra nesse blogue. ^^

Beijos.

Du Santana disse...

O mundo as vezes parece ser dentro de nosso umbigo...
ei, que bacana seu blog, e esse texto é pessoal? será? prefiro que não respondas bju! :*




ah, e valeu pela visita lá no da cor da sua paz! Thanks! ^^

Milady disse...

oi :]
aa, que lindo isso.
amei muito e me vi nessas palavras, acho que todos devemos nos aceitar e tentar ver as coisas boas :)
gostei mesmo cherry.

beijinhos ;*

Dois Rios disse...

Coragem e acidez num texto em que a verdade não foi poupada.

Beijo,
Inês

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

A despeito das amarras e estacas que nos imputamos, tentando sedimentar os nossos passos, a vida é um constante fluir e movimento... E seu movimento na vida é pleno e belo, Cah!
Lindo texto!!!
*-*

Beijos e Borboleteios!

♥тєcα♥ disse...

Todas as mulheres em uma, que maravilha Camila, o engraçado é que somos todas diferentes mas no fundo se juntarmos todas as essencias dá uma onde todas nós nos espelhamos!

Beijão!

Nadezhda disse...

Que bonito! Um dos que mais gostei dos que li aqui ;)

Thiago Brummer disse...

Nossa Ká escrevi errado, eu queria dizer:
"E sinceramente acho você muito mais interessante que esta pessoa DESCRITA neste texto."
Como você está? Virá visitar seus pais nesta semana?
Um forte abraço

Francisco Castro disse...

Olá, gostei muito do seu blog e de sua abordagem.

Parabéns!

Um abraço

Dri~ disse...

Lindo Texto ...
Ler aqui é um Doce para os olhos, para a mente , para o coração ...

^^ Bjão!

Alone disse...

Bom Dia, td bem!? Simplismente Perfeito, seu post 666 ! Cacara vc se parece muito comigo! Adorei ... Virei + vezes, contineu postando !

Beijos

biazinha disse...

Tô sentindo tua falta em meu bloguito, heim!
bom findi!

Bjin.

Robs disse...

Oi Cá...que lindo seu texto! Adorei...

O show do TM será no Freegesls Music. Vc é de BH??

Bjokass!

Camila disse...

Robertaaaa
Quero ir ao show do O TEATRO MAGICOOOOO!

Gente obrigada pelos coments, mas sinceramente fiquei um pouco surpresa com eles!
Obrigada mesmo

Beijos
=D

Artur Moura Queirós disse...

O mais irónico é quando nos esforçamos por parecer uma tempestade negra e ainda assim há quem goste de nós...

Porque quem é tempestade sabe o poder que tem e quem conhece tempestades sabe o quanto afrodisiaco é o poder de se amar...:)

Camila Blopes disse...

Nossa Artur que belo cometário!
Adorei!
Brigadão

Palavras de um mundo incerto disse...

Um pouco de Camila então!!! **risos*

Bjos!!!


Marcos Seiter

Camila disse...

Ai ai Marcos!
Você é ótimo!
Beijo

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design