16 de maio de 2015

D E P O I S




Depois: Adv. Posteriormente, em seguida. Além, mais tarde, após.

O meu depois chegou. Chegou 156 dias depois. E o problema é que o depois muda tanta coisa. Talvez não seja um problema, eu ainda não sei como será. Mas estou louca para descobrir.
Nestes 156 dias vivi situações inéditas e inimagináveis. Senti dores físicas e psicológicas que quase me fizeram desistir. Quase enlouqueci. Quase perdi a esperança. Quase morri. Sorte minha que ficou só no quase.
Sobrevivi. Renasci. O depois chegou e já vai ficar para trás. Não gosto de depois, deixar pra depois é perigoso. A vida passa rápido, o depois, não é amigo do tempo. Depois que o gelo derrete, depois que o café esfria, depois que se magoa, depois que se abandona, depois... NADA, nada que fizer vai fazer voltar o tempo. Perde-se o timing, a vida segue, você querendo ou não. . 
O lado bom é que você aprende com tudo que acontece. E então você pode começar a ser diferente, a tentar de outra maneira, a mudar o que te incomoda. 
Meu 'hoje' começa diferente, com um novo olhar sobre mim e minha vida, com novas pessoas, com novos desafios. E também continua com alguns fantasmas de antes, mas que logo serão exorcizados. Os enfrentarei de frente e sem medo. 
Então, que o depois passe e comece o meu agora! Que será lindo, leve, colorido, feliz, doce e iluminado. Já joguei fora tudo que estava sombrio e mofado! Agora, só sol, só risos, sorrisos.

0 andarilhos:

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design