19 de outubro de 2011

Fome



Tire minha lucidez, meu juízo e minha roupa. Mata essa fome que estou de você, acabe com esse desejo que grita alto seu nome não me dando sossego. Não quero ter razão, não preciso, eu só quero ter você. Beije minha boca, meus olhos e meu pescoço. Sacia essa vontade, essa necessidade, de seus carinhos. Quero teu corpo no meu, unidos, únicos. Não quero tempo medido, hora programada, eu quero que seja eterno. Segure em minha nuca, olhe em meus olhos e não diga nada: aja!


Por Camila Blopes

5 andarilhos:

izα d'pαulα disse...

Ui!!!

Michely disse...

aaaaiii que fomee!

Fê Miceli disse...

Tem horas em q a gente só quer ser...

bjokas

Cαmilα ♥ disse...

BeijOs, meninas
;*

Daniel Savio disse...

Realmente este é o único tipo de fome que vale a pena ter.

Fome de amor, fome de vontade sem noção de segurar a mão de quem se ama (não só as mãos, é claro) e por aí vai.

Fique com Deus, menina Camila Blopes.
Um abraço.

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design