12 de janeiro de 2011

Olhos e olhares


Cada olhar na direção do infinito me arrasta para largos espaços nessa longa viagem ignorando todos os movimentos do meu ser com olhos imóveis.

Belos olhos olhando através do infinito na escuridão, de tão belos que são chegam ser confundidos com o brilho das estrelas.

Mas o que me faz acreditar neles é que a beleza que segura esses olhos se compara a um girassol aberto, que esta plantado em meio a inúmeras flores.

No infinito do espaço, na superfície dos mares tenho certeza que esses belos olhos que me envolvem será parte eterna de mim.
Por Erasmo Ximiaseca


E ele me disse: 'O dom [de escrever] pode ser um olhar mais do que uma palavra, a brisa que tu sente no teu rosto, a palavra que engasga na garganta ou mesmo um sorriso para o nada, que tal para a lua ? Hummm a lua quem sabe!? Mas prefiro as estrelas. Elas dão o brilho nos olhos de um momento especial para o nada. Qualquer coisa fica mágica quando estou contigo'

6 andarilhos:

Juliane S. Rocha disse...

O olhar que nos traz o mundo, que nos faz ver a alma.
Beijos

Alexandre Henrique disse...

É um olhar que demonstra a importância do amor...

Diego! disse...

A beleza de um olhar!


abraço

Luciana Brito disse...

Olhares e seus múltiplos significados. Lindo texto.

beijo, Cah!

Daniel Savio disse...

Bonito, mas com certeza, gostei mais da parte que fala sobre o dom de escrever...

Fique com Deus, menina Camila Blopes.
Um abraço.

Cαmilα ♥ disse...

Adorei essa pate também, me comoveu!
Hehehe

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design