16 de outubro de 2010

Make believe

Sempre fui o tipo de garota chata. Confesso. Desde criança era cheia de manha, mimada, mandona e irritadinha. Meus pais me deram muito amor, sempre me acostumei com o ‘muito’. Eu sei minhas qualidades, mas também sei expor meus defeitos. E nossa, tenho uma porção deles.

Você sabia (e sabe) disso muito bem, me conhece há muito tempo. Contigo não uso maquiagem, máscara ou óculos escuros. Contigo sou nua, contigo sou crua. Por algum motivo ainda me contentava com o que você me dava. Talvez o motivo fosse um sentimento chamado ‘esperança’. Eu pensava que uma hora você iria se mostrar, iria demonstrar. Mas essa hora, esse dia, essa noite nunca chegava.

Não que é questão de não lhe conhecer, não, não é isso, pois eu lhe conheço. É uma questão de reciprocidade. Meu lado egoísta esta gritando há algum tempo e eu estava me fazendo de surda. Entretanto agora não consigo mais. É mais que grito. É desespero. É ensurdecedor. Preciso fazer algo.

Olha, eu te amo. E amo muito. Um amor de anos. Um amor que se transforma de vez em quando, mas que não oscila, é constante. E o seu jeito ‘tô nem aí pra tudo’ anda me irritando. Eu sei que amor não cobra nada em troca, mas em um relacionamento, seja qual for, o mínimo que eu espero é atenção. Cansei de doar meu tempo e não ter o mínimo de volta. Como eu bem lhe disse, é questão de egoísmo.
.
Eu descobri que a vida é perfeitamente bonita, colorida e cheirosa. Não preciso me contentar com sobras e restos. Tudo é muito mais que isso que eu achava que era. Tudo é super mais que muito. Tudo é avassalador. Tudo é o inesperado. E o que eu espero da vida. Tudo.
Por Camila Blopes

6 andarilhos:

Solange disse...

Camila,

as vezes é só um momento...

o amor assim, de anos, é tão bom....

desejo sorte, porque amor vocês já tem !

beijos

Solange

Kari disse...

É isso mesmo guria.
Somos boas demais para nos contentarmos com qualquer coisa. Merecemos alguém que nos ame (até mais) do que nós amamos em troca. Merecemos alguém que dedique tempo e amor a nós e não apenas carinho ou "um minutinho".
Merecemos mesmo. E não devemos nos contentar por menos.

Estou de volta.
Beijão

Leo disse...

Tudo é muito mais, e o que eu quero é tudo também. ai ai, que linda postagem pra um fim de noite!!

Beijos e beijos!!

Daniel Savio disse...

Bonito, mas pelo menos acabamos cobrando o coração do amado, não é?

Fique com Deus, menina Camila Blopes.
Um abraço.

A menina dos olhos de mel disse...

Identifiquei-me um pouco com esse texto. Também sou assim e quero assim. Quero carinho, colo, cafune. Acabei de escrever coisa parecida agora a pouco e simplismente leio isso agora. Fois surpreendente. Não devemos aceitar migalhas da vida.

Cá Girassol ♥ disse...

obrigada pelos comentts
beijocas

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design