5 de julho de 2010

You are the only exception.

"Volta que eu cuido de ti e dou um jeito qualquer de tu ficares bom e então
nós podemos ir embora para a África ou Oceania ou Eurásia ou qualquer outro
lugar onde tu possas ficar completamente inteiro do meu lado e para sempre,
volta que eu te cuido e não te deixo morrer nunca."





Apesar de ser uma tola, não consigo me enganar. Eu tento fingir que não gosto de você. Que você não faz cangurus saltitarem em meu estômago. Disfarço o sorriso besta que você me provoca com teu ‘bom dia’. Não quero saber dessa coisa docinha de amor. Estou cansada. Muito cansada e desacreditada.

E não pense que irei te contar sobre as coisas sem sentido que há aqui dentro. Não ache que falarei baixinho tudo aquilo que às vezes sonho. E por favor, não espere que eu assuma esse amor e o declare pra ti. Não faz sentido...

A verdade é que eu queria esquecer de tudo isso - entretanto não consigo. O amor é teimoso. Acho que é o sentimento mais teimoso que existe. Ele não desiste tão fácil, ao contrário de mim. Insistente e chato ele fica aqui, todo vermelho pedindo para ser notado.

Você é o único que consegue me fazer assim. E sabe, pensando bem, você sempre foi o único que me fez sentir exatamente assim. Para mim, você é a única exceção, aquele que eu até me permitiria amar (completa)novamente. Sem culpa ou receio.

Se eu não me cuidar, vou acabar me esquecendo da parte racional que ainda habita em mim. Contigo eu consigo acreditar que posso ser ‘nós’ um dia. É loucura isso, mas é tão tentador. Eu sei que contigo essa coisa toda vai fazer sentido. Pois você é a única exceção, literalmente.

Por Camila Blopes

11 andarilhos:

Babi Mello disse...

olá Camila, depois de uma longa pausa, retorno e vejo que lindo texto que fala de amor, este que buscamos incansavelmente.
bj!

Vinícius Aguiar disse...

Sentimentos verdadeiros não se permitem ficar escondidos dentro de nós! E sinceramente, feliz de quem pode senti-los!

Beijos Mila!

Suzana Martins disse...

Camilinha querida,

Digo, linda declaração!!! Lindíssima!!

Beijos no seu coração, minha querida!!^^

Poetic GIRL disse...

Tão bonito camila... espero que sim que o dia do "nós" chegue... beijoca

Rodrigues, K. disse...

Princesa;

Não desacredite no amor, ele está esperando você bem ali, no banco daquela praça, aguardando a bela moça dos cabelos em caracóis se aproximar, mesmo que ainda não o veja, ele está a aguardar.

Te beijo.

Anônimo disse...

VC AMADURECEU MTO DESDE Q ABRIU O BLOG. TE SIGO SEMPRE DE PERTO
E SE FOR PRA VC FICAR MELHOR Q ESTE CARA AI DO TEXTO VOLTE E TE FAÇA SER O TAL NO NOS Q VC DESEJA.

Anônimo disse...

RECUSOU MEU COMENTARIO/

Tahiana Andrade disse...

Que texto lindo Camila.
O amor é assim mesmo, as vezes nos faz esquecer de nossas prioridades e necessidades... é isso qe faz do amor ainda mais bonito.


Beijos

Paula Barros disse...

É sentir o romantismo no seu texto, mesmo com toda a racionalidade, e o amor pulando feito cangurus que me fez rir.

abraço

Kari disse...

Ai que lindo!
Estava com saudade de ler por aqui...

É, tem sempre alguém que nos dá essa enorme vontade de ser o "nós" que tanto sonhamos... E não importa o que aconteça, a gente continua querendo esse "nós" com aquele "ele"...

Beijos

♥ Cαmilα Girαssol disse...

Obrigada a todos pelos comentários!
beijocas

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design