22 de abril de 2010

Trivialidades


Ela é o tipo de garota inexplicável. É melancólica. É divertida. É louca. É única. Ela é o fim da tão esperada festa. É a solidão em meio aos amigos. É segredo de confessionário. Ela é uma flor do sol.
Ela seria um cometa. É simples como Matemática. Ela gira, sempre.

Ele é o tipo de garoto insano. É autêntico. É quieto. É inteligente. É bonito. Ele é o fim da chuva. É a ida para aquela festa. É a terra após uma longa viagem náutica. É a verdade do culpado. Ele é uma tatuagem.
Ele seria uma tecnologia. É complexo como Física. Ele muda, sempre.

A outra é o tipo de garota previsível. É comum. É bonita. É estudiosa. É sonsa. A outra é a viagem programada. É a decepção pós-festa. É o chão de terra. É a roupa a ser apanhada no varal.
A outra seria uma data. É regulada como a Gramática. E fica, sempre.

O outro é o tipo de garoto intenso. É rigoroso. É desprendido. É pai. É auto-suficiente. O outro é o último drink da festa. É o beijo na boca sem amor. É o rei de espada do baralho. É o alvo sem dardos.
O outro seria um grito. É elaborado como Química. E reage, sempre.

Ela e o Outro namoraram. Ele e a Outra namoraram. Os casais se desfizeram.
A Outra não se conforma. O Outro quer voltar com Ela. Ela e Ele vivem um romance diferente. Pura sorte! Talvez. E o se. Trivialidades...

Por Camila Blopes

14 andarilhos:

Daniel Savio disse...

Um parte romantica em mim nunca vai acreditar em amor como um simples acasa, mas sim como algo que tinha de acontecer...

Fique com Deus, menina Camila.
Um abraço.

Erica Ferro disse...

O acaso do amor. Os casos de amor.

Gostei, Camila.
Você também é talentosa, de verdade.
Beijo.

Suzana Martins disse...

E eu ainda acho que Ela e o Outro foram feitos para ficarem juntos, rs...

Beijos querida!!^^

ana. disse...

Ela é mais, ah, ela é muito mais que isso.
Ela é Sol.


-

(L)

Carol Rodrigues disse...

Eu acho q não acredito mais nesses acasos o__O

Seu blog é uma doçura =)

=**

Noslen ed azuos disse...

Diante de tantas diversidades algo se encaixa como a tampa e a panela rsrs trivialidades.

bjs
ns

marden disse...

Cê tá escrevendo novela das oito? rsrs Brincadeira!

Muito legal! Gostei.

Impasse Livre disse...

Camilinha o amor é como a flor , brota sempre do nada e floresce quando menos esperamos. eu, por exemplo, amo suas postagens, isso tb é amor! rs e vc segue sempre a surpreender ao leitor. Indisfarçável,inigualável e sempre Camila! adoro seus posts..apareça...mudei a face do blog, o nome o url, não abandone a gente! beijos...

Camila Chaves disse...

O amor... Tão simples, mas complicamos tanto! Vou acompanhar seu, blog, cara chará! rs
Espero que você possa ia ao meu blog dar uma lida nas minhas "lamúrias" que até bem me lembraram as suas...
Beijos e felicidades

Luciana disse...

Uau!
A cada dia que venho aqui me surpreendo pelo fato de teus textos estarem diferentes, bonitos e intensos... sempre recheados de amor e eu adoro isso.

E o amor é bem assim, cheio de trivialidades e surpresas. E como ouvi alguém dizer, os opostos se atraem, mas são as semelhanças que mantém o amor.

Lindo, amada!
Muito feliz por ti.

Beijo!! (L)

Mariana Amorim disse...

Mesmo que seja trivial...
Ao menos eles se encontraram por esses caminhos.

♥ Cαmilα Girαssol disse...

Obrigada queridos, pelos comentários.

Mil beijos

Juliana Lira disse...

O outro e a outra foram feitos um pro outro, dois chatos...

"Ela" e "ele" nasceram um pro outro, ela e ele são o conto de fadas moderno e tempestuoso, se trivialidade ou acaso não importa, importa que haja esse encontro!

Milhões de beiijos

♥ Cαmilα Girαssol disse...

Vou apresentar os dois. rsrs
;*

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design