17 de fevereiro de 2010

Amigas

Minhas Amoras,

Eu sou péssima em despedidas (creio que seja devido o fato de odiá-las), mas aqui estou pois preciso lhes falar...

Vocês sabem o quanto as amo e são importantes para mim, sabem o quanto minha vida é melhor quando estamos juntas... O que vocês não sabem é o tamanho da falta que irão fazer quando estivermos (mais)longe.
Eu sei que não deixaremos de ser amigas e muito menos de nos falar sempre. Porem, não teremos mais a convivência diária e com ela capítulos e mais capítulos para nossas histórias.

Iza, se lembra da festa, com nome nada bonito, que fomos morrendo de medo, mas que no fim até nos divertimos e nos acabamos de tanto dançar funk? Ou dos dias que passou comigo no hospital dormindo mal a bessa por causa daquela enfermeira-monstro? Vou sentir falta de todas as músicas que não dançamos, das viagens que não fizemos e de nossas transmissões de pensamentos.

Dadá, se lembra da caminhada sem fim até a cachoeira que tinha um calango enorme morto no poço que eu fiquei nadando até me enrugar? Ou daquela garrafinha de vodka que falamos ser água? Vou sentir saudade de sambar contigo (só no sapatinho), de carregar por quilômetros e quilômetros pedras para você e de inventar apelidos carinhos, minha Cafada.

Josi, se lembra da vez que você me fez tomar suco de açaí com mariposa, ou das histórias trágicas que te contei mas que você ria sem parar (sempre)? Vou sentir falta das suas interpretações fantásticas, do jeito como você ajeita o óculos e das soluções práticas que você tem.

Carlinha, se lembra da nossa cara de pau em fazer amizade com os lindos vizinhos do sítio em Felixlândia? E da jogatina de truco na casa da Dri? (Demos um coro em toda sua família, somos a melhor dupla de truco dessas bandas, quiçá de Minas Gerais) Vou sentir saudade da nossa parceria, das besteiras, risadas e da sua autenticidade.

Nanda, se lembra da nossa viagem a praia? Da vez que você olhou para aquele surfista de olho azul e eu te deixei sem graça por comentar que percebi seu interesse. E do show do Capital Inicial que a namorada do cara da frente queria me espancar de tanto que eu gritava que amava o Dinho? Vou sentir falta de corremos para dançar Lady Gaga, de fazer você pagar mico comigo e da sua cara de assustada quando eu falo algo indecente .

Gi, se lembra do show da Rita Lee em Mariana? Você pulando para conseguir ver o palco e o povo da república abrindo aquela porcaria de bandeira bem na nossa frente? E daquelas conversas-sem-fim? Vou sentir saudade de seu pessimismo pré-show e do seu otimismo pós-show. Ou o contrário, se o show for do Zé Ramalho em Catas Altas.

Claudinha, se lembra de quando fomos caminhar, mas ficamos com preguiça e percorremos os caminho de carro? E de quando você me adotou e eu ganhei uma irmã, a Yasmim? Vou morrer de saudade da minha família segunda, de todo carinho que me deram e do amor incondicional que temos umas pelas outras.

Flavis, Daiane, Sam, Regiane, Paulinha, Roberta, Deza, Crisa, Tati, Simone, Alê, Déia, Mimi, Gabizinha, Grazy, Jack, Kaki, Larinha, Poli e todas minhas amoras, vou sentir muita falta de nossas risadas, papos, maluquices e histórias.

Amo vocês.
Obrigada por fazerem parte da minha vida, de verdade.


Beijos, abraços e fé.
Camila Blopes

4 andarilhos:

Su disse...

Eu sempre choro em despedidas, não adianta! E como eu queria ter essas lindas palavras!!

Saudade de vc, Camilinha!!

Beeijos!!

Jay e Alê disse...

Genteeeee esse blog ta assim só pra amoras e lindas???
Saudade de vc minha amiga querida?
Tudo bem? Onde vc tem andado?
Dá notícias....please?
Bju meu e do Alê

Daniel Savio disse...

Espera ai, você está indo para onde?

Mas que tua viagem seja apenas um curto tempo fora dos teus maigos...

Fique com Deus, menina Camila Blopes.
Um abraço.

♥ Cαmilα Girαssol disse...

Mundaças, Dan... mudanças!
;D


Amém!
Fique com Ele tbm.

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design