6 de fevereiro de 2010

Inventando o que é concreto



Quando ela chega em casa, com as roupas sujas de terra e ainda calçando botina, e se joga cansada na poltrona em seu quarto, pensa em tudo que ainda tem a viver.
Os pensamentos viajam sem nenhum pudor, a mente vagueia por lugares desconhecidos, ela deixa se levar...
É tudo tão bonito. Ela fecha os olhos e se recosta, tenta fotografar para não esquecer, mas nunca consegue.
Tira a roupa e segue para o banho. O barulho da água caindo e o toque morno em sua pele a faz lembrar dos momentos bons que teve ao lado do seu daquele moço especial. Ela sorri ao desenhar corações no box embaçado pelo vapor. A toalha macia a abraça e ela sai do banheiro, não sem antes escrever o nome dele no espelho.

Ela olha para a cama grande e vazia, imagina ele ali. Mas quando se deita e não sente seu corpo sendo tocado, se sente frustrada. Ainda sem vontade de se vestir, continua deitada e sozinha.
Ela está cansada, dorme por alguns instantes. Acorda assustada, não quer se atrasar.
Arruma-se da maneira que o moço gosta. Veste uma roupa da cor preferida dele, faz a maquiagem com olhos marcados, escolhe o perfume que o deixa louco e calça aquela sandália de salto alto que ele disse ficar linda nos pés dela...
Sorri. Então sai de casa.
Não para encontrá-lo, sai para desfilar pela vida.
Caminha pelas ruas a fim de trombar com o seu presente-feliz antes que o futuro chegue, incerto como ele é.

Por Camila Blopes

23 andarilhos:

Erica Ferro disse...

Eu desenhava corações no espelho e o nome do meu amado, mas agora não faço mais isso. A minha paixão é infrutífera, não vale acreditar nela.

Um abraço.

Hosana Lemos disse...

e ela faz o que poucas pessoas tem coragem, ela vive, apesar dos pesares!
;)


adorei.
=*

Blog Brasil Coração do Mundo, Pátria do Evangelho. disse...

Passando para te deixar um abraço e desejar um excelente fim de semana.

Abraço
Jeferson

Daniel Savio disse...

Concordo com a menina de cima...

Mas espero que você tenha um bocado de felicidades (mesmo que não seja com ele).

Fique com Deus, menina Camila Blopes.
Um abraço.

Fernanda disse...

Que lindo Camila,fico pensando em quantas vezes nao desenhamos coraçãoes e escrevemos o nome de quem gostamos,depois saimos pela rua esperando a sorte se mostrar peresente e unir dois corações...

Hod disse...

São contos assim que prendem a imagem do pensamento.

Cruzamos novamente em novo ano,

Bom final de semana Camila.

Beijo,

Hod.

Kari disse...

Ah moçinha!!! Apesar dos pesares. Da saudade. Da distância. Do desejo de querer perto. A gente não pode parar de viver para esperar o momento chegar. Que temos que viver os momentos que temos. Um dia, "aquele" momento chega.

Beijão

Luan Fernando disse...

Gostei do texto.
Devemos viver um pouco dessa forma, e achei a imagem bem interessante.
Beijo!
Juliane S. Rocha

Luciana disse...

São momentos e mais momentos da nossa vida, né Cah?
Já escrevi nomes no espelho e corações no box, mas fica para trás. O presente é que sempre vale mais.


Beijão, amada!

Vanessa Souza Moraes disse...

As incertezas são mais excitantes do que as certezas...

Maldito disse...

Nossa,..quantas perguntas podem ser geradas ao fim desse texto,..rsrs
bjs

Robs disse...

Imagino perfeitamente essa cena...

Ai amiga... quantas e quantas coisas desejamos não é mesmo?

Mas um dia (espero que não mto longe) tudo deixe de ser imaginação para se tornar realidade.

Um beijo... amo vc, obrigada por tudo! =)

Ricardo Novais disse...

Que moça adorável, aposto que este moço também perdi noites sonhando...

beijo, querida; excelene texto!

paula barros disse...

Ah, Camila, gosto dessa sua forma de escrever, de desnudar-se dos pensamentos e dos sentimentos, cheias de verdades da alma.

É preciso mesmo muitas vezes sair por aí, bem assim.

beijo

Clara disse...

Estar apaixonado é esperar a felicidade... E é tão bom, um momento tão cheio de imaginação e sonhos!

Amei seu blog, muito suave! ^^

Anônimo disse...

Não esperar acontecer é sua cara Camilinha.
Um forte abraço
Thiago Brummer

Daniel Savio disse...

Cadê a postagem que começa assim:

"A vida é incerta. É única. É incrível. Deus é maravilhoso comigo. Ele me ama e eu sou fiel a Ele. * Eu mal comecei a escrever e meus olhos já estão marejados. O motivo não é uma má notícia, ao contrário"...

Fique com Deus, menina Camila.
Um abraço.

Luiz Guilherme disse...

vive e ser livre...saber dar valor as coisas + simples...

http://guilg7.blogspot.com/

vlw

♥ Cαmilα Girαssol disse...

Daniel, eu ainda estou escrevendo este post. Em breve o publicarei!

Um beijO


BeijO a todos!
=**

Cenourette disse...

Porque toda mulher é boba e fica desenhando no vidro do box, no espelho do banheiro? heim? heim?
eu fiz isso no espelho do banheiro da minha loja, acredita?
UASHUSHUHASUHSUHUSA <3

ô princesa, você tem que me contar umas coisas, não tem?

♥ Cαmilα Girαssol disse...

Tenho! {fato}

BeijOs minha Cenoura

Leo Lemos... disse...

Ai o fututo... queria n mais ter medo, e no fundo n tenho... tomara q seja ansiedade, apenas o.O

♥ Cαmilα Girαssol disse...

Que seja meu bem!

Beijocas Leo

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design