30 de setembro de 2009

Letras Plangentes

A clareza veio quando ela pôs os óculos e leu a carta enviada por ele.
Tudo fora escrito de maneira proposital, palavras-cortantes colocadas de maneira estratégica para atingir o mais pulsante e vermelho órgão.
Como era dilacerante ler e absorver aquelas frases bem articuladas e pontuadas.
Teve vontade de rasgar aquele papel, engoli-lo talvez (acho que se ela tivesse feito isso, arranharia menos).
Com uma coragem-idiota ela leu até o final. Fim literalmente.
O fim dele era um ADEUS. Adeus escrito com letras feias, inconstantes e densas.
Em nenhum momento ela chorou.
Ao terminar, com a mão direita, ela ajeitou os óculos meio que sem jeito.
Olhou pra cima, viu o teto de seu quarto. Desejou ver a lua, mas era dia.
Jogou-se em sua cama pequena para sua dor, ficou imóvel.
A dor era tanta que adormeceu... molhando e entortando seus óculos.

Por Camila Blopes

Ps. Ontem foi niver da minha amiga Danúbia. Daí fizemos uma festinha para ela. Tadinha ela bem pensando que era um problema urgente que a fez voltar, no entanto era uma surpresa! Ah e ela me deu o primeiro pedaço do bolo, com direito a uma cereja! =)
Dadá, minha cafada, desejo-lhe muitas felicidades, couves e beterrabas.
Te amo muitão.
Ps². Mês que vem (por motivo de força maior) ficarei um tempo afastada do blog e para não deixar aqui abandonado, algumas pessoas maravilhosas, cuidarão dos meus CAMINHOS por mim. Vai ser muito legal, tenho certeza. Um beijo a todos e uma linda semana.

29 andarilhos:

danúbia pessoa disse...

é tanto... amor!!!!!!!!!!!!

sinf!!!

bjs

paula barros disse...

me fez lembrar que tem fim quem é pior que outros fins.

beijo

Andreia disse...

Que bonito! *

Cαmilα ♥ disse...

Danúnia:
Amo mesmo, você.
Cafadinhaaa


Paulinha:
É verdade viu?!

Andréia
:**

_Vascao_ disse...

Camila não faça isso com a gente, se possível deixe algumas postagens programadas, não vivemos mais sem as seus lindos e delirantes textos que nos fazem refletir.
Esse de hoje por exemplo me fez refletir e ver que há muitos covardes no mundo.
Abraço
Jeferson

 rascunhomusical disse...

...Então ela acordou e percebeu que tudo era sonho, ou pesadelo. Descobriu que os pés descalços acometidos pelo frio da madrugada a fizeram, provavelmente, transformar o incômodo em pesadelo. Pegou o telefone. Ligou. Do outro lado uma voz disse: Tava pensando em você!
Final feliz rs
Sim, os óculos. Enfim, já era hora de trocá-los mesmo.
Abraço

Pollyanna disse...

Acho sem noçao tem termina qualquer coisa por papel, mesmo achando que escrevendo todo mundo tem mais facilidade pra se experessar...

mas ow, to preocupada, quase70% dos post que eu li hj eram de termino, fim, tristeza...
eeeu hein! ahaahaha


aniiima galera!

aai, vao cuidar daqui? So me lembra quando a xuxa se afastou e a galera assuimiu ahahahaahahah

Fernanda disse...

tanto amor,que ele adormeceu e o amor transbordou...

Juliano disse...

Eu tenho uma teoria, é mais dificil ler o fim, do que ouvi-lo. És minha teoria, não sei o que você pensa Ca.!

Mês que vem é amanhã =/.
Esperamos ansiosos a sua volta.!

Beijooooos Ca, e seja la o que você for fazer, sorte!

Jay e Alê disse...

Tudo lindo demais!
Esperamos que esse motivo de força maior não seja problema ok.
Bju no coração.
Esteja sempre bem!

Kari disse...

talvez tenha sido melhor ler até o fim. ás vezes precisamos ter certeza que acabou, para seguirmos em frente.

Beijão pra tu

Cadinho RoCo disse...

Festa surpresa de aniversário é muito legal.
Cadinho RoCo

Nanda Assis disse...

haaa agora q cheguei vc ta de saida?
mas menina que escrita mais linda!!!! nem imaginava esse seu dom.

bjosss...

Salve Jorge disse...

O orgão atingido
Cingido
Sentiu-se grão
Despiu-se vão
Subsumido
Ente tanto podia ter sido
Por que ser não?

Déia disse...

Essa dor é tão forte... que nem gosto de imaginar!

bj

:: Fatima :: disse...

Oii Cah!

Parece que o amor esta no ar...
Vai ser muito ruim sem vc no blog, espero que vc nao nos abandone por muito tempo...De noticias sempre!

Beejos *.*

Erica Ferro disse...

Fim é sempre duro, sempre arranca lágrimas.

Humm...
Mas você volta, né?
Quero ver como será esse mês sem você, sentirei falta de ti.

Beijo.

Jester disse...

A garota precisa se atirar na cama como se saltasse para dentro de toda aquela dor, precisa mergulhar em toda aquela perda, senti-la machucar cada pequenina articulação do seu frágil corpo e atingir o fundo desse sentimento "plangente" (gostei da palavra, não a conhecia). E de lá emergir de volta, pronta para escrever uma nova história. A frustração faz parte da vida, os momentos de recolhimento e desolação. Só não podemos é ficar atrelados indefinidamente à eles. É preciso voltar de lá. Sempre vale a pena voltar de lá.
Muito prazer, Camila.

Bandys disse...

Camila,
Todo fim é dolorido.

Lembro que ano passado dei parabéns pra "Cafada" hahaha e esse ano dou de novo; Parabéns Cafada!!!(a intimidade ja tenho desde ano passado).

Beijos meus

Thiago disse...

Ah muito tocante! Esse post como todos os outros, hm.
Eu não sei o que comentar no seu blog!
Seus textos já dizem tudo que qualquer um, poderia querer se expressar ahsuehauha

Vinícius Remer disse...

Queria ver a lua, mas era dia. Que lindo isso Camila, saudade do tripé de todos. Está escrevendo lindamente. Um gesto simples: um acerto de óculos, para esclarecer as dúvidas de um rompante amor.
;***

Shelha disse...

Sou mestra em entortar meu óculos! O mais recente tinha só duas semanas e eu fiz o favor de sentar em cima dele.

Odeio cartas de despedidas.

=***

May disse...

Que lindo. Eu adoro ler sobre o fim, é muito fascinante.

Maldita Futebol Clube disse...

camilinha, quanta poesia e quanto romantismo em suas palavras. você érealmente um diferencial na blogosfera. te admiro e adoro estar na seingeleza do seu blog,literalmente. vc é dez...apareça poer lá e mediga; o que acahou do Em algum lugar do passado , no MFC? abs e bjs leandro

Robs disse...

Oi amiga...

Esta carta me lembra a carta que fizemos... enfim... sempre triste um termino!

Sentirei sua falta, cm sinto agora...mas sei que vc precisa disso e torço mto por vc...estarei rezando sempre.

Te amo amiga girassol! =)

Tatá R. da S. disse...

É, ciumentinha, tem palavras que parecem navalha tamanha é a dor que nos traz...
Muito bonito e frágil.
Vou sentir falta das suas palavras.
Não demore! <3

Cαmilα ♥ disse...

Genteeee vou ficar até dia 18
*-*

Dai, meus amados e amadas assumirão!

Eric R. disse...

Muito bom...é dificil até comentar,mas é muito bom mesmo.

Beijo :D

Cαmilα ♥ disse...

Obrigada a todos andarilhos deste post!
beijo e lindo final de semana

;***

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design