21 de março de 2009

Aquelas cartas

Estas linhas não são para você. Estas linhas são para todas estas que escrevi e não as enviei. Coitadas! Tão lindas e jamais serão apreciadas.
Em uma delas estava escrito um sonho que tive contigo. Outra falava sobre a saudade que sinto. Há uma tristonha, acho que havíamos discutido pouco antes de escrevê-la. Outra mais salgada e molhada, repleta de morangos. Também têm duas românticas, uma em papel cor-de-rosa e outra em papel azul. A minha preferida é a que fala sobre o brilho da lua, olhares e promessas, a tinta lilás destacou-se na folha de papel, olhando devagar, parece que as palavras estão vivas e pulsantes.
Coitadas! Vão todas morrer dilaceradas.
Amor. Beijo. Olho. Esperança. Decepção. Outros. Amigos. Praia. Abraços. Noite. Caminhos. Luar. Viagem. Paixão. Desejo. Musica. Pão de queijo. Saudade. Braços. Perfume. Família. Natal. Intensidade. Sentimento. Nuca. Trabalho. Palavras. Morango. Queixo. Distancia. Mais. Adeus. Reencontro. Desculpa. Final. Amor novamente.
Tudo no lixo.
Doeu tanto que chorei. Chorei, não pelo papel rasgado, ou tinta desperdiçada, chorei por não ter lhe mostrado todas elas, coitadas.
Morreram sem encontrar o calor de suas mãos.
Todas dilaceradas, coitadas!

Por Camila Blopes
Aquela que ainda gosta de escrever cartas

34 andarilhos:

Fernanda disse...

costumo dizer que as cartas são um pedacinho de nós...
nelas saem saudades alegrias e tristezas...todas nossas...por isso...adoro cartas.

Luciana Brito disse...

Ah, ainda escrevo cartas também, é tão bom!

Teu post lembrou um acontecimento da minha vida, um passado não muito distante em que eu escrevia não cartas, mas eram desabafos apaixonados e que eu tinha a impressão de que nunca seriam lidos... dito e feito, não foram... chorei tanto com isso.

Ainda que nunca sejam apreciadas, nunca pare de escrever suas cartinhas amada ^^


Beijos amada! =*

Luan Fernando disse...

Vou te contar, também gostava de escrever cartas, mas já parei com isso a um tempinho. Mas o que você escreveu aí, é uma verdadeira obra-prima. Você esta de parabéns.
As vezes nossas palavras morrem sem ao menos passar ou chegar na mão de quem era para ler de verdade..

Beeijo

Helen Marie disse...

Pena que ele não chegou a lê-las.
Eu tb ainda esrevo cartas!
Abraços,
Helen

Vinícius disse...

Nada de coitadas.
Escrever sempre vale a pena, ajuda a fazer você se encontrar.

Ainda mais quadno os textos são tão bons.

E se não são enviadas, viram um documento que revelam tudo o que você é. Ou foi um dia.

De valor imensurável.

Beeijos.

Camila disse...

Infelizmente queimei ou rasguei todas elas, Vini...

Beijo gateenho!

Kakau disse...

Faz tempo que não escrevo cartas. Gostava muito. Costumava escrever várias para amigas e para ELE. AS últimas nunca mandei. Acabei jogando todas fora. Nunca tive dom para escrever. Me atrapalho quando tento expor meus sentimentos em palavras. Mesmo assim tentei muitas vezes. Saudades...


Beijos
=***

Nadezhda disse...

"Morreram sem encontrar o calor de suas mãos.
Todas dilaceradas, coitadas!"

Gostei desses versos. Me lembraram outros,mas não lembro as palavras ao certo.

;)

Franzé Oliveira disse...

Vim aqui hoje só para te deixar um bjo terno menina.

Vinícius Aguiar disse...

é... não se pode permitir que palavras como essas possam ir para o lixo... não sem antes causarem a devida impressão em quem de direito! Sentimentos que vêm do coração têm uma necessidade extrema de serem revelados, e caso não o sejam, ficará a frustração e a incerteza de que de repente poderia ter sido melhor... uma pena!

Beijos Cá!

Willian Lins disse...

Nunca escrevi cartas. Tenho inveja de quem as escreve. E quanta a rasgá-las ou queimá-las pode as vezes ser bom, sei lá eu penso assim, as vezes certos sentimentos devem ser esquecidos.

Te beijo

Linda_Rê disse...

Eu desisti de escrever cartas... de verdade.
:-(

Lindo texto.
Bjs

Max Psycho disse...

Por tanto amor
Por tanta emoção
A vida me fez assim
Doce ou atroz
Manso ou feroz
Eu caçador de mim

Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar
Longe do meu lugar
Eu, caçador de mim

Nada a temer senão o correr da luta
Nada a fazer senão esquecer o medo
Abrir o peito a força, numa procura
Fugir às armadilhas da mata escura

Longe se vai
Sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir
O que me faz sentir
Eu, caçador de mim

Noslen ed azuos disse...

Que triste, elas todas de revoltarão se encontrarão numa última carta de adeus...

Sinto como as palavras.

Bjs
ns

Menino Poeta disse...

Cartas! ali estão escritas palavras que muitas das vezes não consigo dizer olhando nos teus olhos!!
cartas! ali estão escritas palavras dos meus sentidos ou do meu coração!! se não te entregar!! me perdoe Tenho medo. vergonha... não sei!! mais aquilo que não consigo dizer a vc, o tempo dirá. Belissimo o seu post. isso é só pra complementar!!

Atreyu disse...

Cartas que coisa mais romântica...
Teve um fim um pouco triste, mas lindo texto

Daniel disse...

hummmmm valeu A.L! =)
postei uns planos que acho que vão ajudar ^^
bjo grande!

Felipe disse...

Ihh, alguém se frustrou foi?

Beijocas

A.C disse...

Simplesmente lindo.
Bom saber q ainda existem pessoas que tbm gostam de escrever cartas, pensei que fosse só eu.
Bjao

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Eu também gosto de escrever cartas! Tão gostoso o cuidado em preencher linhas para alguém não apenas ler, mas sentir em nossas palavras o que está escrito.
Também já escrevi cartas que nunca mandei... Algumas foi bom não ter enviado... Outras mereciam ter encontrado o destinatário!

Beijos e borboleteios Cah

willa Albuquerque disse...

Também doeria em mim jogá-las fora. :(

Beijos!

Toninho Moura disse...

Se não mandou, as escreveu só para você!

Palavras de um mundo incerto disse...

Eu nunca consegui queimar as cartas que escrevi ou recebi. São as provas escritas do que eu vivi. Mesmo que tu dilacerou elas, estão dentro de ti, teus momentos descritos nelas.

beijos, querida!!!


Marcos Seiter

paula barros disse...

Rasgamos os papéis, deletamos arquivos, mas estão escritos em nós. Mesmo que borrados por alguns sentimentos tristes e de frustração, ainda permanecem conosco. O tempo apaga a intensidade da tinta.

abraços

✰тєcα✰ disse...

Que lindo mas triste...:(

Beijinhos Camila!

Dri~ disse...

Toda escrita, todo desenho, toda pintura ou fotografia, é um pedaço nosso, um pedaço que esta representado em algo, uma lembrança um abraço, um desejo... tudo ali...um sentimento que podemos pegar...

Otimo Texto moça!
Abração pra ti! ;D

R. disse...

Ui, Caah! Gostei demais! Um jeito bom de escrever, um certo humor e uma sensibilidade ímpar!

Gostei muito mesmo!

Parabéns, mulher!

Bjs!

Salve Jorge disse...

Espero que nunca fiques farta
De escrever tuas belas cartas
Afinal por mais que ele parta
Nem tudo se descarta
Sobressai a beleza do teus ditos
As possibilidades do infinito
E o teu amor tão bonito
Que a tudo isso encarta...

Aquela disse...

Varias palavras minhas ja morreram sem o calor da mão endereçada.

Hoje não morrem mais. O que tem para ser dito, é sempre dito por mim.

Se é a melhor saída, não sei.
Como saber?

Ass: Luiza (Aquela que tambem gosta de escrever cartas, que escrevia um blog, abandonou e aqui está novamente)

Beijos

Tatá R. da S. disse...

É, Caahzinha, ciumentinha do core, fico pensando na que eu escrevi, a última, e não mandei.
E olha, pra ser sincera sempre fui de entregar sabe, por isso que me vi numa situação nova, em que mandar só despertaria um sorriso de consideração.
E o que machuca é o que você disse, todas as palavras que foram escritas mas que acabaram sendo sufocadas já que não chegaram ao destinatário.
Mas acho que escrever é bom dequalquer forma, pois só lendo vocêse dá conta de tão bonito que é o sentimento que tem por alguém.
Beijocas!

alex e! disse...

...e que cê nunca deixe de escrever cartas, Camila, porque o ato de escrevê-las é que talvez seja o mais importante, o ritual da esrita, de transpor sentimentos pro papel, seja quais forem, um desnudar-se de si. Mandá-las (ou não...), é mero detalhe... as cartas guardam um pouco do íntimo da gente...

um bju do alex...

Camila disse...

COmentários mais lindooooos!
Obrigada gente!

BeijOs

Leo Lemos... disse...

hum... ontem recebi uma carta.

Cαmilα ♥ disse...

Adoro isso Leo!
=)

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design