3 de julho de 2008

"F...oi"

Passado que insiste em
se manter presente
Anunciando memórias
com vestígios de esperança.

Único
momento em que me faço feliz

Lembranças intactas esperam sozinhas
O instante exato de se desfazerem

E assim
terminar com uma virgula esse triste
conto,
ínicio.
Por Camila Fernanda

49 andarilhos:

Camilla disse...

Gostei, xará...
Me identifiquei bastante, vivo uma situação parecida...

Beijos

Beautiful Stranger disse...

se sentimos saudade é porue certamente foi um mometo marcante, algo que nos fez bem e que sentimos falta; saudade é um sentimento bom, mas sabemos que também traz uma certa dor, e essa é a pior parte da 'estória'...

;)
http://strangerbeautiful.blogspot.com/

TOOP disse...

estes momentos... os melhores.
Mas os piores para os enganos.
;)

.paulo ' disse...

Taí ...
nunca gostei de vírgulas e nem de retecencias;
Comigo é sempre, ou ponto final, ou sinais de exclação/interrogação!
Gosto da objetividade ...
Dica
você gosta mesmo do passado ?
Então pisa fundo, pq quanto +tempo passar, mais passado vai ser.
Então tente recuperá-lo agoora;
Caso nãao consiiga, abra os braços para esse futuro tão boom que a vida nos trás !

*-*

:: Fatima :: disse...

Que bonito!To ate tocada com esse poema...adoro seus textinhoos!
Bjinho flor...
E obrigado pela visita.

.paulo ' disse...

OOps ..
concerta aii tah ?


exclamação *

ERREI.

camila disse...

Ai Xará, acho que não temos somente o nome parecido, neh?!

Oh Bunita, essa realemente é a parte ruim...

Toop concordo com você! São os mais propícios para a dor.

Paulo, taí! Você disse bem... vou fazer o passado acontecer ou vou ficar no futuro!
POde deixar que conserto sim! ;)

Oh Fátima, que bom que gosta!

Beijos
=)

Luifel disse...

Éh, estamos realmente presos ao nosso passado, somos 2...

Mas será que é tão ruim isso? Será q não podemos tirar boas lições disso?

Caso pra pensar.

Bjs

Victinhu disse...

Mt bacana =)

Já gostei muito de escrever. bacana o seu blog, vou passar a visitá-la. Mt obrigado pela visita.

Fica bem.

Cαmilα disse...

Lu o passado só ruim pq não ocorre no presente! Não é que eu não goste dele, entendeu?!

Oh Victinhuuuu, eu sempre gostei de escrever, mas nunca publicava... por enquanto ainda tenho coragem... Volte sim, será muito bom vê-los novamente em meus COMPLEXOS CAMINHOS

Carol Xavier disse...

A nostalgia, descrita, é tão bela...

Um Sonhador disse...

opa venha sim :D

estou esperando suas visitas :D


cara peço desculpas, hahahaha

fiquei o dia todo sem net, parei de estudar agora O_O' to meio bitolado ainda de tanta geografia e história hahaha mals por nao falar do texto tá????

Alex Alves disse...

Camila, que maravilha poder receber sua visita no meu blog, viu?
Lá a gente vai tentando escrever algumas idéias para um dia mudar alguma coisa no Brasil. :)
Melhor ainda foi poder conhecer o seu blog! Suas poesias são lindas.
Beijo grande!

Nadezhda disse...

E o nosso costume pessimista de achar que o passado é sempre melhor..

;)

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Camila. Terminar só com ponto final. :-)

Seu blog está cada vez mais interessante. Lindo mesmo! E seus textos são ótimos.

Obrigada pelo selo, já to carregando ele.

Uma sexta super fantástica para você.

Beijos mil! :-)

Dany disse...

A velha historia do passado que nunca quer ir embora de vez!! Hummm... passei tanto por isso, já!
Bjs

Alexsandro Vasconcelos disse...

Sempre estamos presos ao passado, é impossível fugir. A saída é fazer mais "Presentes" para que no futuro possamos selecionar os melhores "Passados" para se prender.

Abração!

Cαmilα disse...

Carol é bela e dolorida!

Sonhador pode deixar que voltarei a caminhar por aí!

Alex obrigada e vamos sim, mudar o Brasil... temos força suficiente!

Nadezhda acho que deve ser pq ainda num recebi um presente no Presente!

Criss valeu, viu! Tô tentando ir colocando ele cada dia mais com minha cara! =)

Dany acho que um dia vai passar, viu! Só não sei quando!

Alexsandro você me disse algo que ainda não havia pensando... e é tão óbvio! Affe!
Vou me lembrar disso!

Beijos
=)

Gusta Fernandes disse...

Odeio o passado que se faz presente. O coração não reconhece o caminhar do tempo, se ele ama uma vez parece amar com a mesma intensidade sempre... estranho razão é a emoção não?!
Não há como fugir do passado, mas, pode sim o enfrenta-lo... talvez só assim se torne um passado não mais presente...

Beijos Mila!

P.s.: adorei o selinho!!!
Ahh, aparece no msn sabado de novo?
Adorei conversar com você! ;)

Bárbara M.P. disse...

Olá Camila,

Vim para agradecer a delicadeza de comentário lá no Cartas e acabei passeando pelos textos desse caminho tão sutil guardado nesse espaço... Bons ventos foram os que lá te levaram e ainda bem que deixou suas pegadas pela estrada para que eu pudesse retribuir o carinho - que agora é mútuo.

Um final de semana bem tranquilo, Camila.

Beijão,
Bárbara

Cαmilα disse...

Oh Gu... saudade de vc, querido!
Pode eixar que entrarei sim!

Barbara que bom que caminhou por aqui! Gostei muuiito...

Beijos
=)

Victinhu disse...

Meu curso acaba hj, depois volto a dura realidade do trabalho na sede da Petrobras =)

Quanto a escrever, digamos que eu escrevia muito na época em que a minha estima não era tão boa. Hj em dia não tenho mais inspiração, mas de vez em quando sai alguma coisa.

Mau Camus disse...

Você escreve muito bem. De verdade. Tenho lido muita coisa e a grande maioria não tem a qualidade que você apresentou agora.
Bom fim de semana.
Abs

Só Eu disse...

O que mais interessa é pontuar as emoções...
Gosto muito de vir até cá.
Beijinhos

Zek disse...

"Único momento em que me faço feliz"

Some isto a uma leve dorzinha no fundo do coração...

Eis aí o custo da inspiração!!!

Bjs

Maldito disse...

Poucas palavras,...mas que disseram muito

AugustoMaio disse...

Um texto interessantímo. A sobriedade da beleza.

Kêco disse...

Gosto da forma breve e impactante que você expõe palavras.Parabéns.
E obrigado pelas visitas constantes.Não suma,e espero que esteja se divertindo.tem post novo lá..rs
Beijo.

Cαmilα disse...

Victinhu então post quanto a inspiração vier e vc escrever... fiquei curiosa para te ler.

Mau Camus obrigada mesmo! òtimo final de semana para você.

Só você volte sempre então... gosto quando você passa por meus Caminhos!

Zek a inspiração as vezes custa muito!

Maldito e Kêco, resumir a dor é mais fácil de lidar com ela.

Obrigada Augusto!

Beijos
=)

Olirum disse...

porém algumas memórias não são para serem relembradas.
Outras são deliciosamente relembradas todos os dias.

Bom fds

Adriano DiCarvalho disse...

Coisa mais bonita Camila! Parabéns!

Tem presente pra você lá viu! Outro.rs

bjs

Filipe Garcia disse...

Quando o passado insiste em reviver em nossa memória, traz a nostalgia e, em alguns momentos, a dor. Tão difícil isso! E você expressou muito bem.

Um beijo.

Fernando Gomes disse...

Eu também não acordaria de madrugada pra ver um jogo de futebol.. hehe
;D

obrigado pelos elogios ao meu blog. Todo dia tem post novo, volte sempre.

Não deixe de visitar:
And I Said Goddamn!

titofarpas disse...

Texto muito tocante e delicioso...
Parabéns

Frederico Blahnik disse...

Interessante como o passado vai sempre se fazer presente em nossas vidas.
Somos um resultado constante do passado.
A vida começa com uma vírgula e termina com reticências...

;-)

Maicom disse...

É. O passado, às vezes, intriga-nos de tal modo que ficamos perplexos... Talvez, pelo simples fato de ter sido feito por nós mesmos: a volta ao passado pode ser tortuosa, ou porque não fizemos a 'coisa' que, ao nosso ver, é certa ou porque os fatos, embora acredite em segunda chance, não nos privam de certos desconfortos: "Colhemos o que plantamos".
Abraço.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Muito inspirado e belo o seu poema, Camila. Vim agardecer-lhe por ter iso ao meu blog nesse momento de quimoterapia, que é horrível. E só posso retribuir a meu modo. Enquanto fico de resguardo, fiz um novo post, As pontes de Madison. Apareça:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo,

Clecia disse...

Bonito poema, Camila! Apesar de triste,é muito bem escrito. MOmentos como esse existeme devemos saber encará-los.O mundo dá voltas e o que sente hoje ode ser diferente do amanhã. Bjos!

Dri~ disse...

Nussa.. Lindo.. Otimo! de ler! ... Maravilhoso! Texto belo! ... teve sentimento e deu pra sentir ...

e obrigado pelo comentes ;D

;* Kisu!

Cαmilα disse...

Murilo, Adriano, Filipe, Fernando, Tito, Frederico, Maicom, Renata, Clecia, ADrie...
Poxa... muito obrigada gente! Amei mesmo!

LindaRê disse...

Me enxerguei aqui.
Bjs

paula barros disse...

Sentimento de saudade e de quem está ausente, e vai continuar é muito ruim.
abraços

Cαmilα disse...

Linda Rê bom saber que não sou anormal por me sentir assim...

Paula acho que ainda vai continuar...

Beijo
=)

Palavras de um mundo incerto disse...

Bah, guria, ao ler esse poema, veio-me na lembrança momentos que eram para ficarem no espaço felizes. Infelizmente pela graça mórbida, isso não aconteceu. Sou novo. O tempo é novo. Momentos novos virão. Espero um dia conseguir me livrar de esperanças que não existem.


Beijos!!!


Marcos Seiter

Cαmilα disse...

Marcos, "Espero um dia conseguir me livrar de esperanças que não existem. "...
Somos dois, viu!
Beijo
=)

Toninho Moura disse...

O passado é o que fomos,
O presente o que somos,
O futuro é o que sonhamos.

Cαmilα disse...

Teoricamente sim!
Mas... somos o reflexo de ontem e a esperança de amanhã, neh?!
Beijo Toninho
=)

Dani disse...

Nossa. Isso é amor de ex?

Camila disse...

O que vc acha?

 

Caminhos de Camila Template by Ipietoon Cute Blog Design